Gosto muito deste livro porque foi ele quem me apresentou ao mundo da leitura. A história se dá em volta de Daniel, um menino adolescente que vive em Barcelona, na Espanha, em 1945, pouco depois da guerra Civil. O pai de Daniel é dono de uma livraria e quando ele tinha onze anos, o levou para ver o cemitério dos livros esquecidos. Um lugar secreto aonde havia muitas prateleiras recheadas de livros, como um labirinto. Segundo a tradição, Daniel deveria escolher um livro para levar consigo e guardar para sempre. Assim, o escolhido foi "A sombra do Vento" de Julian Carax, o livro que se tornaria sua obsessão.

Completamente apaixonado pela obra, ele vai em busca de outros livros do mesmo autor, mas descobre que uma figura misteriosa vem tentando queimar todas os escritos do autor. Ao longo da história, os personagens se encaixam, fazendo com que todo enredo tenha sentido. Assim, ele começa sua aventura, uma história cheia de suspense, intrigas e romance.

Sem dúvida, o leitor se perderá completamente na história e se apaixonará por seus personagens e pelos lugares descritos. Um livro cheio de mistérios e que fala sobre o clima sombrio pós-guerra, amizades, amores e com uma escrita maravilhosa. Recomendo para todos os amantes da literatura, pois sem dúvida é um dos melhores livros que eu já li.

Uma obra para ser aproveitada, página por página, uma leitura que encanta a cada trecho lido. Aquele livro que não queremos que chegue ao final, pelo simples fato de que não gostaríamos que terminasse.